A concessionária Águas de Bombinhas iniciou nesta semana diversas vistorias na rede coletora de esgoto do bairro Bombas. A operação acontece na Avenida Leopoldo Zarling e ruas transversais, em uma rede atualmente inativa do sistema coletor. O objetivo é identificar irregularidades ou ligações clandestinas que podem ocasionar extravasamentos nos poços de visita, considerando que a rede não está em operação.

As vistorias estão sendo realizadas nos poços de visitas (PV’s) e caixas de inspeção (CI’s) em espera para futuras ligações. De acordo com o supervisor de operações Claudinei Dumke, essas ligações clandestinas prejudicam não só a futura utilização da rede, mas também o meio ambiente. “A função do sistema é fazer a coleta do esgoto da região e o tratamento adequado, assim que a rede for novamente ativada”, comenta.

A empresa relembra que, para a ligação do cliente na rede coletora o primeiro passo é solicitar uma viabilidade de ligação de esgoto. Após esta etapa o cliente solicita o estudo técnico, onde a concessionária analisa a interligação de acordo com o cadastro de rede existente. Todo o processo deve ser realizado e aprovado pela concessionária.