Com foco na qualidade do atendimento, a concessionária Águas de Bombinhas realizou uma ação especial para certificar o volume de água distribuído na cidade: a pitometria. O procedimento foi desenvolvido por uma empresa especializada, com o objetivo de validar a quantidade de água que passa pela tubulação.
 
O procedimento foi realizado em dois pontos específicos: no macromedidor da Estação de Tratamento de Zimbros (ETA – Zimbros) e no ponto onde fica instalada a TPA (Taxa de Preservação Ambiental de Bombinhas), na entrada da cidade. Conforme o coordenador de operações da concessionária, Jader Milanez dos Santos, os resultados da medição foram positivos. Além disso, comprovaram as informações que a empresa possui através de monitoramento on-line, realizado no Centro de Controle Operacional (CCO).
 
“A equipe utiliza um pitot, um instrumento desenvolvido para fazer a medição de vazão e pressão da água. A ação é importante porque nos dá certeza da quantidade de água que vem sendo distribuída para a cidade”, comenta. Ainda conforme Jader, o procedimento é necessário também para garantir a qualidade do serviço prestado para o município.